28.7.11

Minha querida indústria portuguesa...





































As coisas tão boas que a nossa tão boa indústria tão bem produzia antes de esta ter sido praticamente exterminada em nome das economias modernas da União Europeia e do mundo globalizado, onde a palavra de ordem passou perigosamente da produção de bens reais e transaccionáveis, para as economias virtualmente dos mercados, onde a especulação financeira tem uma cotação muito superior a umas boas peças de mobiliário da Olaio ou uma secretária e cadeira magistralmente fabricada pela Fabrica Portugal ou tantos outros produtos que deixámos de produzir porque simplesmente assim se decidiu por quem manda nos que mandam nos países!

Sem comentários:

Enviar um comentário